• Astrid Lacerda

Dinheiro compra felicidade?

Quem diz que o dinheiro não compra felicidade, simplesmente não sabe para ONDE ir às compras.⁣ Me lembrei de quando eu comecei a fazer muito dinheiro e como eu morria de medo de gastá-lo. Naquela época eu não tinha noção do poder que ele tinha sobre mim. Levou muito tempo pra entender que o dinheiro deveria me proporcionar liberdade e que ele NÃO deveria me escravizar.


Por isso eu tento ser o mais realista possível com a realidade das minhas clientes, eu quero entender o objetivo principal da pessoa ao me contratar: você quer dinheiro pra quê? Eu me recuso a criar novas escravas do dinheiro, ele jamais deveria ser seu mestre.⁣


E por mais que sejam números impressos em papéis, dinheiro não é quantidade, é qualidade.⁣

Dinheiro trás liberdade: pegar um quarto de hotel com lençóis melhores, celebrar um sucesso com seu vinho californiano favorito, levar sua família para viajar, congelar seus óvulos (haha, por que não?), comprar equipamentos para o seu trabalho, contratar um mentor foda e por aí vai. Você entendeu, não há realmente um momento ruim para fazer compras.⁣


Reconhecer os erros que você comete em relação aos gastos e em relação ao dinheiro NÃO GASTO, é o primeiro passo para obter liberdade sobre ele.



Não se trata de abster-se inteiramente de gastar dinheiro, mas de fazê-lo intencionalmente. Pare e pense em uma situação onde o dinheiro te proporcionou liberdade, isto é: poder de escolha. Quando e como foi isso? Escreva. O meu objetivo é que você consiga visualizar e entender, trabalhando com assimilação. ⁣

Para informações, dúvidas, sugestões, e reclamações:

Para assessoria, publicidade, campanhas e marketing:

Copyright © 2020 ASTRID LACERDA. Todos os Direitos Reservados | hello@astridlacerda.com | BRASIL