Exemplo x Exceção


Autoconhecimento começa a partir do momento que você reconhece que até agora viveu sua vida de maneira insconsciente. Você faz, pensa, fala, e não entende o motivo de pensar, falar ou fazer certas coisas. Essa é a maior razão de você não se sentir feliz.


Você consiste em corpo, mente e espírito. Isto é, o físico, o não-físico e o metafísico. Viver consciente é ENTENDER isso. O objetivo é saber que tudo o que você pensa, fala ou faz não é impulsivo e sim intencional.


Antes de começar a mudar, você começa a mudar seu pensamento (metafísico e não-físico). Não tente mudar as coisas antes, não culpe as pessoas. Comece por você, quando você começa a mudança em você, a mudança ao seu redor vai acontecer. Se autoconhecendo, sabendo aquilo que te da prazer e aquilo que te causa emoções ruins, é o primeiro passo pra filtrar sua vida atual. Quantas coisas você faz hoje que não tem a ver com você? Ou nada a ver com o que você espera de você? Quantas vezes você já aceitou algo ou alguém na sua vida pelo simples fato de aceitar, sem nenhuma motivação, apenas pra não magoar o outro, ou achando que concordar com o outro você passa boa impressão e então você é aceito? Quem precisa te aceitar é você mesmo. Quem sabe o que é melhor pra você, é você mesmo. Quem sabe seus defeitos é você.


É uma bola de neve. Se você continuar pensando da mesma maneira e continuar fazendo as mesmas coisas, você vai continuar tendo os mesmos resultados e as coisas vão permanecer da mesma maneira. Não tem segredo.


O primeiro exemplo de como você viveu inconsciente até agora:


Todo mundo inconscientemente sabe a diferença entre exceção e exemplo, mas nunca parou para analisar isso. Você não nasceu pra ser exceção a regra, você nasceu pra ser um exemplo. Não entende a diferença? Leia novamente. Uma exceção é quando seu ego fala mais alto e aquela vozinha dentro de você diz: você mudou! Fez diferente dos outros, você conseguiu.

O exemplo é quando você se torna a pessoa que quer se tornar, mesmo com o ambiente que você nasceu, mesmo com tudo ao seu redor falando que não iria dar errado, você escolheu não usar isso de desculpa e usou como motivação. Você conheceu a dor, o fundo do poço e você SABE que não quer continuar lá e então você não quer que as pessoas ao seu redor continuem lá também. O exemplo é quando você diz: Se eu consegui, apesar de todos apesares, você também consegue. É quando a ideia de sucesso é tangível para os outros. As pessoas sabem que é possível pra elas, não impossível porque foi uma exceção “Ah ela conseguiu, mas é uma em um milhão". Esse é o poder da palavra positiva e negativa, você precisa saber diferenciar e entender o real significado delas.


Você vê as pessoas como exceção ou exemplo? Se você acha que as vê como exemplo, por que você continua pensando que é impossível para você? Se você acha que é impossível pra você, lamento dizer que nada ao seu redor vai mudar, porque a crença limitante que você tem é mais forte do que seu sonho.

Para informações, dúvidas, sugestões, e reclamações:

Para assessoria, eventos, publicidade, e marketing:

Copyright © 2020 ASTRID LACERDA. Todos os Direitos Reservados | hello@astridlacerda.com | BRASIL